Programa vivendo a fé

Filho Helbert

Filho Helbert

Em 1996 eu me afastei dos trabalhos da rcc pois era separada e precisava ficar mais atenta aos meus filhos que estavam entrando na adolescência. O meu filho Helbert me dava trabalho na escola, não repetia de ano, mas se continuasse daquele jeito, poderia ficar pior e eu tinha que dar um jeito para que ele mudasse. Já participava da igreja e vivia em oração clamando a Deus que me desse uma luz. Eu batia de cinta, tinha pavor só de pensar que eu pudesse perder meu filho para o mundo. Quantas vezes clamava ao Senhor que não aguentava mais reclamação na escola, a surra que eu dava parece que fazia cossega e o interessante era que ele tinha pavor da cinta, morria de medo de apanhar. Não desistia de clamar e pedir a Deus uma resposta. Até que um dia o Senhor me disse bem assim. "Quando você for bater explica para ele o porque ele está apanhando". Então entendi que eu pegava a cinta e só batiam apenas precisava de algo a mais do que isso. Quando chegou o dia de bater novamente eu sentei ele na cadeira e lhe disse: "Sabe porque você vai apanhar? Porque você não obedeceu a mãe e quando você não obedece acontece coisa ruim com você, mas quando você obedece acontece coisa boa, então, quando você aprender a obedecer a mãe você nunca mais vai apanhar porque você estará fazendo a coisa certa" e depois disso bati de cinta. Passou um tempinho chegou a reunião da escola, quando entrei na sala de aula estava com o meu coração na mão, como sempre mais uma reclamação. Para minha surpresa a professora me disse: "Mãe o que aconteceu com o Helbert ele mudou da água para o vinho, está um amor de aluno". Nossa!!!! Eu não me continha de tanta felicidade no meu coração, sai da escola sorrindo de tanta felicidade, nunca mais me deu trabalho. Sempre foi estudioso nunca repetiu um ano Já está casado, fez faculdade de megatronica e bem empregado, só precisa voltar o coração para Deus, mas vou continuar esperando. Só Deus tem a resposta não podemos desistir de encontrar em seu coração.